08 junho 2008

Cinema na Escola

Sem dúvida, estamos numa época em que se valoriza muito a imagem como forma de expressão, além da palavra. A televisão, o cinema, a invasão dos DVDs , a internet, enfim, estamos cercados da linguagem visual. Nossos alunos têm atração por ela e precisamos considerá-la em nossa prática. Saber ler imagens, exige sensibilidade e um mínimo de conhecimento dos processos de construção do que estamos assistindo, seja a um noticiário, documentário, novela ou a um filme. Saber que o que vemos não é uma realidade, mas a representação dela, na visão de quem mostra, é fundamental para interpretar de forma crítica e para uma leitura do subtexto contido.
Nessa semana tive a felicidade de estar com o cineasta, diretor e roteirista, Guilherme Castro, numa oficina que minha escola promoveu como um dos eventos da nossa 5ª Feira do Livro. Na ocasião Guilherme nos mostrou de forma detalhada o processo de montagem dos roteiros para cinema e a adaptação da literatura para esse gênero. Considero de suma importância os professores conhecerem de forma mais aprofundada a sétima arte para poder trabalhar com alunos a leitura de imagem. Segundo Guilherme, quanto menos diálogos tiver um filme, deixando as imagens falarem por si, abrindo brechas para o espectador criar o restante da história, maior é a qualidade do filme e isto depende de um bom roteiro. Uma das dicas que nos deixou foi o site Roteiros de Cinema, onde podem ser encontrados vários para consulta e APTC (ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL DE TÉCNICOS CINEMATOGRÁFICOS DO RS ).
Asssitimos à
Terra Prometida, sua premiada produção curta metragem, como diretor e roteirista, , baseada no conto de Tailor Diniz. Interessante fazer um paralelo entre as duas obras, a literária e a cinematográfica. Gostei mesmo. Embora já tendo algum conhecimento sobre o tema tratado, estar em contato direto com o profissional de cinema e do gabarito do Guilherme é um privilégio que torço para que todos meus leitores possam ter.
Referências bibliográficas indicadas por ele são: História do Cinema Mundial(org.Fernando Mascarello) , Manual do Roteiro (Syd Field) , O Roteiro de Cinema (Michel Chion).



3 comentários:

  1. Isso que é escola!Promover uma atividade tão interessante. Mídia com conteúdo é fundamental.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Marli. Que ótimo saber de notícias do Cobalchini, onde tive o prazer de fazer um trabalho muito gratificante.

    E melhor ainda ver tua coragem de arriscar coisas novas! Parabéns para vocês.

    Um abraço.

    Kleber Boelter
    www.kwriter.com.br

    ResponderExcluir
  3. muito legal este blog - sempre com informações valiosas

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e participação.Volte outra vez, estarei esperando! Esse espaço é para a sua participação respeitosa e aberta.
Para publicar o comentário, escolha uma identidade (ID) entre as opções que aparecem. Caso tenha conta no google(gmail), escolha a primeira opção ou então escolha ;Nome/ URL;, basta preencher o nome, caso não possua nenhum endereço de blog próprio(URL)