23 julho 2014

CHICO NA ILHA DOS JURUBEBAS


Não percam os novos episódios da série “Chico na Ilha dos Jurubebas”. Realizada pela TV Escola, a série mostra as aventuras de um menino e de seu papagaio que viajam todos os dias pelo portal construído pelo avô Manu para um mundo imaginário: a ilha dos Jurubebas.
A série é um produto de ficção composta por programas audiovisuais e jogos online, destinada às crianças do primeiro ano do ciclo de alfabetização, em conformidade com o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa
Programa: CHICO NA ILHA DOS JURUBEBAS (DISPONÍVEL SOMENTE NO CANAL)
Exibição: Toda quarta-feira
Horário: 9h45 ou 15h45
Acesse: http://tvescola.mec.gov.br/tve/home

22 julho 2014

Curso Tecnologias na educação: ensinando e aprendendo com as TIC




Dei início ao Curso do Proinfo Integrado, com um grupo de professores em Nova Bassano e outro em Nova Prata. As inscrições superaram o número de vagas, ficando uma lista para a suplência. O NTE de Bento Gonçalves divulgou detalhes em seu BLOG.



28 junho 2014

Animações

As animações abaixo são de Marcos Correa. Achei belíssimas, com temas bem interessantes. O professor José Antonio Roig dá sugestões de como trabalhar a partir delas. 

A pergunta clássica explicada para crianças nos primeiros aninhos. 
As gêmeas Júlia e Marrie tem a dúvida ao verem uma foto da mãe grávida. Agora, entre emocionantes descobertas irão desvendar esse grande mistério...



Júlia e Marrie são duas irmãzinhas gêmeas que adoram pular e correr. Até que, certo dia, a Marrie cai e machuca a mão. O que será que vai acontecer agora?


  

Júlia e Marrie são irmãzinhas gêmeas que adoram brincar no jardim num belo dia de sol. O problema é quando está chovendo. Como se divertir dentro de casa?


Vamos Birutar?


O excelente escritor, ilustrador, ator, contador de histórias,  Hermes Bernardi Jr. criou um site muito bacana para seus leitores darem asas à imaginação e criatividade. Birutas de Liquidificador é uma ferramenta para montagem de "birutices" , uma espécie de mosaico de papel rasgado  para fazer arte.
Hermes é autor de uma série de livros com texto e ilustrações de alta qualidade literária. Foi por esse motivo que foi um dos indicados para o Projeto Autor Presente do IEL e felizmente  a escola em que trabalho foi contemplada . Em setembro receberemos o Hermes , durante a 11ª Feira do Livro do Colégio Colbachini. Com certeza será  um trabalho maravilhoso . Então, vamos ler e "birutar" muito! 

Minha primeira birutice

02 junho 2014

Curso Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TICs

Curso do PROINFO com minha tutoria


CURSO Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TICs.
(com certificação)

Pré-inscrições: até 16 de junho de 2014.

Através do e-mail nte-bentogoncalves@educacao.rs.gov.br

Público Alvo: professores e servidores das escolas da 16ª CRE

Pré-requisito preferencial: possuir e-mail

Modalidade: - presencial (cerca de 8 encontros - total de 32 h);
- à distância (28h);
- total: 60h (distribuídas em 6 meses, julho a
dezembro/2014)

Material: impresso e digital

Local das aulas presenciais:
Colégio Estadual Pe. Colbachini - Nova Bassano (e, dependendo
da quantidade de inscritos, em cidades próximas, a combinar).

Tutora: Profª Marli Dagnese Fiorentin

Início: julho de 2014
Término: dezembro de 2014


CONTEÚDOS QUE SERÃO TRABALHADOS (4 módulos)
- Teórico: leituras e reflexões sobre a prática pedagógica e o uso das tecnologias
- Prático: internet como espaço de colaboração e publicação; passível, inclusive, de ser espaço tanto de pesquisa como para publicação do que se faz na escola.
 Hipertexto
 Webquest (metodologia de pesquisa)
 Blogs
 Fóruns
 Videoconferência
 Bate-Papo
 Redes Sociais
 Grupos e listas de discussão
 Computação em nuvem (edição, compartilhamento e publicação de arquivos: textos, slides, formulários, planilhas)
 Mapas Conceituais
 Mídias digitais, repositórios de mídias da internet, em particular os do MEC.

Obs.: para ser realizado o curso depende da inscrição de, no mínimo, 25 participantes.

Faça sua pré- inscrição aqui. 

20 maio 2014

Produza seu jogo

Mais uma dica bacana que favorece a autoria e criatividade. O FAZ GAME   é um software que permite criar o seu game e publicar no site associado a ele. E o melhor, sem precisar de maiores conhecimentos de programação. Vamos testar? E dar a dica pra Galera, que com certeza vai dar show!

Expo Bassano - Venha você também!

Minha cidade, Nova Bassano, comemora os 50 anos de emancipação política nessa semana. Eu e minha cidade crescemos juntos, quase a mesma idade. Para comemorar, teremos uma mega festa. Todos estão convidados. 






Plataforma Escola Digital




A Escola Digital (www.escoladigital.org.br) é uma plataforma de busca que reúne objetos e recursos digitais voltados a apoiar processos de ensino e aprendizagem dentro e fora da sala de aula.

O site foi criado com o objetivo de facilitar o acesso de educadores, escolas e redes de ensino a materiais educativos de base tecnológica, de forma a enriquecer e dinamizar as práticas pedagógicas. A plataforma também apoia alunos que querem aprofundar seus estudos e familiares preocupados em acompanhar a educação de seus filhos. 

A plataforma é uma iniciativa do Instituto Inspirare e do Instituto Natura, construída com a colaboração do Instituto Educadigital, da TIC Educa e da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

Acesse www.escoladigital.org.br.


17 maio 2014

Socializando um pouco do FISL 15



O Fórum Internacional de Software Livre- FISL- na sua 15ª edição ocorrida na PUC-RS, foi um grande evento de tecnologia. Vale esclarecer que Software Livre não se limita ao sistema operacional Linux . O Linux é um software livre, assim como todo software que tem código aberto e permite que os usuários o modifiquem ou criem novas possibilidades de uso a partir dele. É possível utilizar softwares livres também com sistemas proprietários. A filosofia do software livre , que é gratuito, é a colaboração , a liberdade de criação. 
Eu utilizo softwares proprietários e livres. Minha filosofia é sempre incentivar a autoria, a colaboração, a criatividade, aproveitando os recursos possíveis  e viáveis que  temos em mãos. Esse evento  me instigou a conhecer outras possibilidades do software livre, além das que já conheço e utilizo. Na escola, recebemos do governo estadual e federal laboratórios com Linux e Windows.  Temos enfrentado algumas dificuldades com o Linux, algumas de ordem técnica (travamento, falta de inicialização, etc)  e  por falta de  uma familiaridade maior com o sistema operacional e aplicativos. Descobri com a equipe da Secretaria de Educação de Porto Alegre, que essas dificuldades são comuns e que lá estão desenvolvendo um projeto "Linux Compartilhando" , buscando achar soluções colaborativas para resolver essas dificuldades. Vários tutoriais estão compartilhados no blog FORMAÇÃO EM SOFTWARE LIVRE para solucionar os problemas mais comuns com os laboratórios Linux. Também foi indicado essa URL http://sleducacional.org/ , em que há possibilidade de se cadastrar e interagir com usuários do SL Educacional para tirar dúvidas do uso de aplicativos, com tutoriais, lista de discussão, etc. Algumas ações são realizadas pela SMED e uma delas é a oferta de cursos livres EAD aos Professores sobre o uso do SL na educação, sendo utilizado o Ambiente Virtual de Aprendizagem EDModo, muito similiar a uma rede social. Qualquer pessoa pode criar o seu curso nesse ambiente. Vale a pena ir lá e conhecer.
Realizei uma oficina de STRATCH, um software de programação muito interessante que permite criar animações. O STRATCH  pode ser baixado e instalado aqui no windows, linux ou Mac OS X Depois é ir mexendo, testando e buscando ajuda em tutoriais como esses do  link ou muitos outros que  podemos encontrar na web. Com certeza é  um desafio que todo jovem  ou criança adoram, pois instiga a criatividade, autoria, iniciativa.
Outra oficina que realizei foi a de Libre Office Writer, editor de texto, em que foram enfocadas as facilidades de formatação do texto através da opção "Estilos" . São muitas funções que o programa oferece e a oficina instigou a explorar mais a ferramenta. O LibreOffice é uma suite de escritório livre compatível com as principais suítes de escritório do mercado. Oferece todas as funções esperadas de uma suite profissional: editor de textos, planilha, apresentação, editor de desenhos e banco de dados. Visite os seguintes endereços http://www.libreoffice.org/ e http://pt-br.libreoffice.org/ para saber muito mais, contribuir, interagir. Clique no link para ver o GUIA doWRITER..
Conheci a experiência da Rádio Maleta, muito bacana. Usando recursos simples e software audacity (livre), os alunos e professores montaram todo o equipamento necessário em uma maleta(computador, mesa de som, placa de captura de áudio  de baixa latência, microfone, cabo P2 XLR.). O relato da experiência mostrou que para fazer uma rádio é preciso antes de tudo vontade e criatividade. 
Gostei muito também das palestras que mostraram o uso colaborativo de mapas. O OpenStreetMap http://www.openstreetmap.org é uma espécie de Wikipédia. É possível colaborar com o mapeamento do mapa do mundo Os mapas são criados usando dados de receptores GPS portatéis, fotografias aéreas e outras fontes livres.
 Fotografia Panorâmica Imersiva 360x180º com o software livre  e as possibilidades do  GIMP foram conhecimentos adquiridos a respeito do trabalho com imagens. Ambas as oficinas foram ministradas por Cartola que mantém o Blog http://cartola.org/360 com imagens panorâmicas. A ferramenta livre usada para criar as panorâmicas é o HUGIN que pode ser baixada aqui http://hugin.sourceforge.net  O manual completo do Cartola contém conceitos, dicas e passo a passo. A edição de imagens com o software GIMP faz milagres. Cartola fez fotografias de participantes do evento e demonstrou como modificar a aparência dos mesmos.
Outra aprendizagem bem bacana foi sobre apresentações feitas com o SOZI, plugin utilizado associado ao INKSCAPE - editor profissional de gráficos vetoriais para Windows, Mac OSX e Linux. É gratuito e de código aberto. É uma alternativa ao PREZZI. Uma  vantagem é que, uma vez criada a apresentação, abre em qualquer navegador , sem necessidade de estar online, nem de outro programa qualquer. Veja aqui um tutorial. 
WEBMAKER é uma coleção de ferramentas inovadoras e currículo para uma comunidade global que está ensinando a web a qualquer pessoa, funcionando como uma espécie de alfabetização. Para interagir com outros usuários, participe da lista webmaker@list.mozilla.org  ou siga no twitter @webmaker , #webmaker . Veja mais clicando na imagem.


https://webmaker.org/pt-BR/

Também participei  da palestra do Reabilitarte e conheci o projeto Mapas de Acessibilidade,  para quem necessita de reabilitação neurolocomotoraUtilizando o conceito de inteligência coletiva proposto por Pierre Levy, o mapa da acessibilidade só poderá se concretizar se a ideia mobilizar uma rede de pessoas que contribuem para alimentar as camadas de conhecimento do mapa com suas experiências, obstáculos e soluções para uma cidade acessível a todos. 
Participei também da palestra Cidades Digitais, construção de um ecossistema de colaboração e inovação, pois fiquei curiosa, já que minha cidade, Nova Bassano, foi contemplada com o projeto.  Essa iniciativa visa a melhoria da gestão pública e serviços à população, transparência, democratização no acesso à internet, construção do conhecimento e informação. Os aplicativos serão software livre e contemplarão as áreas : Portal da Cidade, gestão financeira e tributária, educação, saúde e ouvidoria. Os aplicativos serão hospedados na nuvem do SERPRO, estando em segurança e sem gerar custos. O que muda:



Uma boa reflexão foi feita na palestra Hacker ou Nativo Digital? Você escolhe. O desafio apresentado é ensinar a cultura hacker na escola. O conceito de hacker consiste no indivíduo que se dedica intensamente a conhecer e modificar dispositivos , programas e redes de computadores, encontrando soluções e efeitos extraordinários, que extrapolam os limites de funcionamento dos seus criadores. Os princípios da ética hacker são : compartilhamento, abertura, descentralização,livre acesso aos computadores e melhoria do mundo.
Essas foram algumas das aprendizagens que destaco do evento. Foi  difícil optar entre tantos assuntos interessantes. Foi um encontro muito legal, de gente interessante, entusiasmada, apaixonada pelo uso inteligente da tecnologia nos mais diferentes setores da sociedade.


Que venham outros FISL!




12 maio 2014

Eu fui ao FISL 15

Estive no FISL 15, em Porto Alegre, de 7 a 10 de maio. Foram dias maravilhosos, de encontros, reencontros, novas amizades surgindo, muitas ideias e instigações a uma curiosa como eu que adora sempre aprender. Ideias  e dicas lançadas, agora é  arrumar tempo para organizar as informações e buscar aprofundamento no que  eu vi por lá. Assim que conseguir eu compartilho aqui  com meus seguidores e leitores. Por ora, deixo aqui o meu sentimento de que muito há por fazer , muitas possibilidades existem para realizar o que  devemos e os caminhos são vários. Feliz de verdade por essa oportunidade que a SEDUC ofereceu aos educadores e, é claro,  que eu não deixaria escapar. Agora é meter a mão na massa.

Meu primeiro FISL
Com o TUX
Espaço Paulo Freire- o mais frequentado pelos educadores
Oficinas
Palestras
No espaço da Robótica Livre

Com Jon Hall, diretor Executivo da Linux Internacional
Com colegas da Secretaria da Educação de POA e da Escola Cecília Meireles de Bento Gonçalves
Com colegas Joanirse Ortiz, do NTE de São Luis Gonzaga
e Eveline Eberle, do NTE de Ijuí, velhas amigas
Com colegas da Escola Cecília Meireles de BentoGonçalves, representando a 16ª CRE