13 janeiro 2014

Toda Sexta-feira tem poesia na Cesta



Começou no twitter e invadiu o facebook. A idealizadora, Sônia Bertocchi,  criou esse lindo projeto de espalhar poesia pela rede, de forma prazerosa, pelo amor a esse gênero textual que sensibiliza corações e refina o nosso olhar. A convite da Sônia, juntei-me a ela nessa deliciosa tarefa. Toda sexta feira, preparamos cestas com poesias, que podem ser compartilhadas, presenteadas nos murais dos amigos, ou nos 140 caracteres do twitter. Qualquer um pode participar compartilhando ou enviando novas poesias, sempre identificadas pela hastag #6adepoesia. 
Carlos Drummond de Andrade fala da poesia que habita em nós. 

"Penetra surdamente no reino das palavras. Lá estão os poemas que esperam ser escritos. Estão paralisados, mas não há desespero, há calma e frescura na superfí­cie intata. Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário. Convive com teus poemas, antes de escrevê-los. Tem paciência se obscuros. Calma, se te provocam. Espera que cada um se realize e consume com seu poder de palavra e seu poder de silêncio." 

Nem sempre somos capazes  de traduzir a poesia em forma de poemas, mas o sentimento que temos, quase sempre pode ser lido por algum poema, de algum poeta conhecido.  Mário Quintana disse: 

"Um bom poema é aquele que nos dá a impressão de que está lendo a gente ... e não a gente a ele!"

Então pegamos emprestadas as palavras do poeta para expressar nosso sentimento. Afinal, ainda como diz o anjo poeta, 

Os poemas são pássaros que chegam

não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

Mario Quintana 
Edgar Morin, em seu livro Os Sete Saberes Necessários para a Educação do Futuro, lembra bem que não apenas através das ciências formais se aprende , mas que a literatura, a poesia podem contribuir em muito para compreender a complexidade humana.Muito poucos professores ensinam a ler poesia, ou melhor muito poucos lêem poesia. Entendo que poesia não seja apenas um gênero textual, mas um jeito de olhar a vida com mais sensibilidade. Contribua você também, espalhando poesia na rede. Veja como!FaceBook
Acesse @6adepoesia e participe
enviando poesia
compartilhando poesia publicada
curtindo

Twitter
Publique com a hashtag #6adepoesia

Um comentário:

  1. Que maravilha!!Fantástico Marli. Parabéns!! Amo poesias.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e participação.Volte outra vez, estarei esperando! Esse espaço é para a sua participação respeitosa e aberta.
Para publicar o comentário, escolha uma identidade (ID) entre as opções que aparecem. Caso tenha conta no google(gmail), escolha a primeira opção ou então escolha ;Nome/ URL;, basta preencher o nome, caso não possua nenhum endereço de blog próprio(URL)