31 dezembro 2006

A Internet em 2017

Fonte:http://www.lacentral.com


Estamos suando a camisa para promover a inclusão digital, para quebrar preconceitos, resistências à tecnologia, especialmente no meio educacional. Pois hoje li na Zero Hora uma matéria que acho todos deveriam ler. Educadores, precisamos correr pra não perder o trem da história. Nem que seja pra saber contestar as mudanças, mas ficar nessa de "tô fora" não dá mais pra admitir.


A Internet que será só uma lembrança

A Internet como a conhecemos hoje deverá ser apenas uma lembrança em 2017. Tendências como o uso intensivo de realidade virtual, o aprimoramento de gráficos e o aumento da velocidade de conexão permitirão experiências muito mais ricas e envolventes. Para o pesquisador emérito da IBM Jean Paul Jacob, a vida em 10 anos será modificada por uma Internet tridimensional, que será acessada não por um PC, mas por qualquer dispositivo eletrônico. O desenvolvimento de telas, projetores e papéis eletrônicos permitirá que o conteúdo da rede seja utilizado em qualquer lugar - na TV, no celular, no carro ou, de maneira quase imperciptível, nas paredes, nas roupas, nos semáforos. - O PC vai desaparecer, porque a informática estará em tudo. Qualquer aparelho terá mais poder de processamento do que um PC atual - afirma o pesquisador. Uma das principais sensações da Internet em 2006, o game Second Life, representa perfeitamente o conceito de Internet 3D. O próximo passo na evolução da rede é a criação de ambientes virtuais. Por exemplo, um supermercado na Internet com prateleiras em frente às quais seu avatar (o boneco que o representa no mundo virtual) escolhe produtos, como se fosse de verdade. Não será preciso sentar-se em frente a um PC A idéia é de que haja um forte desenvolvimento na tecnologia de projeção de imagens. Aparelhos do tamanho de um batom projetarão em uma mesa ou em uma parede cenas e telas. Nos carros, o pára-brisa conterá informações sobre a viagem ou notícias quaisquer. E a tendência é de que não sejam máquinas difíceis de usar, como boa parte das que temos atualmente. Segundo Jacob, uma das principais linhas de pesquisa hoje é a de interfaces. - Há 10 anos, a tecnologia nos estorvava. Isso não passou despercebido aos cientistas, que estão trabalhando em formas de interação visuais, que é como as coisas funcionam no nosso cérebro - afirma. A questão é: quem terá acesso a esse mundo novo? O que vai determinar isso, segundo o cientista Silvio Meira, é o aceso a conexões de Internet em alta velocidade. - O valor da tecnologia só será completo se todos estiverem conectados - alerta.
Um alerta para o Brasil
Em um mundo cada vez mais globalizado e dependente da tecnologia, os países emergentes em condições de se juntar ao time das novas potências serão aqueles que criarem condições de desenvolvimento tecnológico.

Fonte: Zero Hora - 31/12/2006

26 comentários:

  1. Amiga,

    Em tempo, um lembrete do velho e sempre jovem Quintana:

    "A vida são deveres, que nós trouxemos para fazer em casa.
    Quando se vê, já são seis horas!
    Quando se vê, já é sexta-feira...
    Quando se vê, já é Natal...
    Quando se vê, já terminou o ano...
    Quando se vê, passaram-se 50 anos!
    Agora, é tarde demais para ser reprovado...
    Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
    Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a
    casca dourada e inútil das horas...
    Seguraria o meu amor, que está a muito à minha frente, e diria EU TE AMO...
    Dessa forma, eu digo: não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo.
    Não deixe te ter alguém ao seu lado por puro medo de ser feliz.
    A única falta que terá, será desse tempo que infelizmente...
    não voltará mais."

    Mário Quintana

    Bju
    Gladis

    ResponderExcluir
  2. Deus me livre ficar sem internet...
    Entra no meu brog aí,pra dar uma força,valeu!

    ResponderExcluir
  3. Texto interessante sobre o futuro da internet. Que as novidades venham logo e contribuam efetivamente para uma maior inclusão, principalmente em países como o Brasil.

    Um abraço, Márcia.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo1:48 PM

    Oi Marli, como foi de festas de final de ano, espero que bem.^Vim dividir contigo minha conquista.. Fui selecionada para Pós-graduação na UFRGS - Informática na educação. Bjus Andréa

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Parabéns pelo excelente blog!

    Continua com o bom trabalho!

    :)

    ResponderExcluir
  6. Marli,
    Estou voltando das férias hoje com o PC ainda com problemas, mas passei para visitá-la e já tinha lido algo parecido em outro jornal. Fica a pergunta: será que um país tão desigual quanto o nosso vai chegar lá?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo9:34 PM

    Olá Marli!

    Sou educador (ensino médio) e iniciei o primeiro dia letivo com essa publicação do jornal zh. Vou incentivar meus alunos a publicarem um comentário aqui... Eu entendo que dependendo das políticas públicas adotadas poderemos continuar a excluir muitos desse "mundo" daqui a 10 anos...Vamos ver os alunos pensam sobre o tema!

    Abraço

    Mauro

    ResponderExcluir
  8. Mauro!
    Fico realmente muito feliz que este espaço seja aproveitado também por educandos, não só por educadores. E levá-los a uma reflexão sobre essa questão é muito oportuno, preparando-os para o exercício da cidadania. Estou curiosa por saber o que eles pensam a respeito. Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Anônimo11:13 AM

    De: Renata e Christian (alunos do Mauro)

    Achamos a notícia muito interessante, mas achamos que algumas coisas não irão acontecer, por exemplo as inormações no para-brisa do carro. Concordamos que a tecnologia será cada vez mais inovadora e que dependeremos mais dela.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Anônimo11:13 AM

    De: Vanessa e Sarah!

    Nossa, não dá pra acreditar que no futuro será assim!
    Mas se já mudou tanto, é possível que mude muito mais mesmo!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. alunos do sor Mauro11:14 AM

    2017 vai ser bem melhor porque não prescisa de computador para assesar orkut,ou qualqer outra coisa ex: msn,icq,mirc etc.

    ResponderExcluir
  12. Anônimo11:16 AM

    Ola eu axo que em 10 anos são muito poucos para ocorrer tudo aquilo,tem muitas pessoas que talvez nao terao acesso a esse mundo nesses anos,ou morrerao sem ter visto a informatica,Muitas Coisas Mudam Nesses Anos,gostei muito da materia,é o tempo que descide como as coisas mudam.

    Abraços Eduardo.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo11:16 AM

    Oi tudo bem ?
    Meu nome é Júlio e li a reportagem
    da Zero Hora hoje na aula do professor Mauro, e vi que o que diz na matéria é a mais pura visão de um futuro próximo!
    Espero que essas e outras coisas se concretizem e que o Brasil tenha se incluído mais nos países com desenvolvimento de tecnologias.
    Afinal acho que a internet é pra todos!

    Um abraço.
    Júlio Engelke

    ResponderExcluir
  14. Anônimo11:17 AM

    estêvão
    Eu acho que as pessoas vão ficar obesas em função do sedentarismo, com problema de visão e o risco de cancer vai aumentar devido a radição

    ResponderExcluir
  15. Anônimo11:20 AM

    oláá !!
    sou a luisa;~~ aluna do mauro !!

    adooreii sua visão sobre o mundo daqui a 10 anoos !!

    acredito q sera assim...
    daqui a pouco vamos ser dominados pela internet
    sihaoushuiasuiohaiush

    esperoo.. que sertas coiisas mudem..
    por exemplo o sedentarismo..
    acho q nesse sintido internet nao ajuuuda em nada !!

    mais em outras questoes amoo internet

    i creioo q vai mudar a vida de muitas pessoas

    para melhor...

    abraçoos Luisa(14 anoos ) ;)

    ResponderExcluir
  16. Anônimo11:20 AM

    Michel
    Acho que daqui a 10 anos as pessoas vão estar tudo obesas, pois vão ficar muito sedentarias e terão problemas de visão

    ResponderExcluir
  17. Jeferson(15) , Artur(17) e Mateus(16)11:21 AM

    Na nossa opnião, concluímos que assim como a tecnologia da informática avançara, e muitas mais pessoas terão acesso.
    Muitas pessoas não poderam utilizar dessa tecnologia devido ao custo que provavelmente será mais caro.

    ResponderExcluir
  18. Jordana e Luana11:24 AM

    Marli,

    Somos alunas do professor Mauro.
    Gostamos muito do texto, e realmente achamos que esta é uma realidade, e que daqui a 10 anos com certeza o mundo estará muito mais diferente e desenvolvido.
    O problema está em:
    - Quantos poderão desfrutar desta tecnologia?
    A nossa resposta para isto é:
    - Vivendo em um país como o Brasil, temos a conciência de que uma pequena porcentagem da nossa população tem acesso à tecnologia da atualidade. Daqui a 10 anos a população terá crescido e provavelmente a situação continuará praticamente a mesma.

    beijos
    Jordana (14)e Luana (14)

    ResponderExcluir
  19. Anônimo11:25 AM

    Oi, aqui é Guilherme aluno do professor mauro, e acredito que realmente no futuro haveram outras formas de conexao da internet e mais faceis e cada vez mais rapidas. Tambem acredito que o trabalho sera muito mas computadorizado, e que todos deverão saber muito sobre informatica. Agradeço por postar essa materia, pois muitos como eu acabaram não vendo-a. Mais uma vez muito obrigado.

    ResponderExcluir
  20. Anônimo11:27 AM

    Olá Marli

    Eu li a matéria mas, acho que vai demorar mais do que 10 anos para isso acontecer, devido ao baixo desenvolvimento de muitos paises, a falta de informaçao e a falta de capital, porque tecnologias como essa seriam muito caras de se produzir e muito caras para se comprar.

    Tiago Müller (14)

    ResponderExcluir
  21. Renan Steyer & Vinícius Piltz11:31 AM

    Olá, somos educando do professor Mauro, hoje na aula dele lemos essa matéria que ele comentou no 1ª aula do dia 21/02.
    Nós achamos que em 2017 terá uma melhor inclusão digital do que á agora, pois a tecnologia será o centro de tudo. Achamos que não precisaremos mais papel, nem caneta, pois tudo será escrito por meio da tecnologia, talvez com computadores de bolso ou outra coisa.
    Lemos em uma outra reportagem no seu blog (Google lança editor de textos e planilhas em português) falando que o Google lançou seu editor de textos e planilhas online. No futuro, a internet será muito mais veloz, como ja existe em países como EUA e Japão, achei interessante essa reportagem. Acho que em um futuro não muito distante não existirá mais editores de textos como o Microsoft Office Word mesmo, pois será tudo editores online.
    Também imagino que terá editores de HTML, PHP e editores de imagens online. Cada vez mais complexos e interessantes.
    Mas voltando para a reportagem da intenet em 2017, entendo que a tecnologia sera o centro de nossas vidas e que tudo será automático, simples e completos.

    Atenciosamente,
    Renan Steyer e Vinícius Pitz (14 e 15 anos)

    ResponderExcluir
  22. Anônimo11:32 AM

    Oi,me chamo Monique e sou aluna da escola Duque de Caxias de Sapiranga.
    Eu concordo com o texto,acho que a informática é essencial para o nosso futuro e o do mundo.
    Acho que muitos países ja estão aprimorando a sua tecnologia,como os Estados Unidos, e outros como a África ficarão para trás.Espero que o Brasil consiga acompanhar essa "nova era" em que a tecnologia tomou conta do mundo inteiro.
    A tecnologia pode ser ESSENCIAL para o futuro mas não podemos so nós concentrar nela pois a muitos outros problemas que estão mechendo com o mundo, por exemplo o aquecimento global.
    Tchau!!
    Monique - 1° EM (14 anos)
    02/03/07

    ResponderExcluir
  23. Anônimo11:40 AM

    Olá, eu sou uma aluna do Professor Mauro. Me chamo Jaqueline (14) e estou no Ensino Médio.
    Não tenho dúvidas de que a tecnologia se desenvolva a tal ponto(como diz a reportagem). Mas o que me preocupa é o Brasil. Talvez seja muito difícil para uma certa parte da população, pois muitas pessoas (creio eu) não poderão ter acesso a esses novos tipos de aparelhos.
    Talvez a nova tecnologia que vem aí seja uma mudança incrível, ou talvez seja mais um estorvo.
    Mas isso, só o futuro dirá.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Anônimo11:41 AM

    Olá Marli..

    Meu nome é Bruna, e sou aluna do Ensino Médio, e também do professor Mauro..

    Na minha opinião, quando as mudanças, são para melhor, são todas bem vindas, e se de alguma formanos prejudicar, espero que possamos por a mão na consciência e ver, que, estamos deixando nos levar, por uma máquina e esquecendo de ver as coisas, do modo tradicional.. resta apenas, sabermos para qual lado, essa 'evolução' da máquina nos levará.

    Obrigada,

    Bruna Hoffmeister (14 anos)

    ResponderExcluir
  25. Anônimo11:41 AM

    bom dia

    achei meio duvidoso, não sei se sera tudo isso, porque a evolução da tecnologia esta ficando lenta, por causa do aquecimento global, e isso esta preocupando os cientistas, assim os cientistas estaram voltados ao aquecimento global

    assi.:Cássio (aluno do mauro)

    ResponderExcluir
  26. Alô galera de Sapiranga!
    Primeiro quero demonstrar minha satisfação em receber aqui os comentários de vocês, feitos com consciência, num exercício de cidadania.Geralmente este blog tem servido a educadores e receber educandos é algo que considero muito especial, pois vocês são o foco principal do nosso trabalho de pesquisa em busca de uma educação de qualidade.Vejo que estão preocupados com outras questões além da inclusão digital e isso é louvável.Mas creio que a tecnologia, se utilizada com critério, deve servir para nos humanizar, para buscar soluções viáveis e coletivas para esses problemas que vocês citaram, incluindo saúde, meio-ambiente, relações humanas. Não devemos ser direcionados pela máquina, mas podemos utilizá-la como ferramenta para encurtar distâncias, usando todo o potencial da interatividade. Agora, somos autores, não apenas receptores de informações. Já pensaram nessa revolução? Já imaginaram no poder que temos nas mãos, agindo coletivamente? E nã oduvidem da velocidade das mudanças. Viram minah foto no blog? Pareço tão velha? Imagino que digam não rsrsrsrsrsrs... Pois eu cresci tendo de ler à noite, com luz de velas queimando o estopim no querosene. Só fui conhecer televisão quando adoslescente.Hoje eu me conecto com pessoas do outro lado do mundo a qualquer momento. Vejam quanta mudança! Se todas as pessoas vão ter o acesso?Provavelmente não , o que gerará mais incluídos e excluídos, mas a escola pública deverá ser o espaço em que essa inclusão deve ser garantida. Muito obrigada. Sintam-se abraçados e convidados a voltar e participar. Inclusive de outros blogs meus. Até breve!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e participação.Volte outra vez, estarei esperando! Esse espaço é para a sua participação respeitosa e aberta.
Para publicar o comentário, escolha uma identidade (ID) entre as opções que aparecem. Caso tenha conta no google(gmail), escolha a primeira opção ou então escolha ;Nome/ URL;, basta preencher o nome, caso não possua nenhum endereço de blog próprio(URL)